terça-feira, dezembro 26, 2006

Mulheres de barba rija

Lista, sem ordem particular, de escritoras-ficcionistas/poetisas cujas obras (ou pelo menos uma) considero importantes. Para o meu amigo Pedro Gomes, que diz que eu só leio escritores de barba rija:

Sylvia Plath
Anna Akhmatova
Virginia Woolf
Charlotte Brontë
Anne Brontë
Emily Brontë
Clarice Lispector
Iris Murdoch
Katherine Anne Porter
Nathalie Sarraute
Mary Shelley
Ruth Rendell
Gertrude Stein
P. D. James
Susan Sontag
Patrícia Highsmith
Carson McCullers
Flannery O’Connor
Marguerite Yourcenar
Jane Austen
Edith Wharton
Colette
George Eliot
Emily Dickinson
Maya Angelou
Barbara Pym
Selma Lagerlöf
Nadine Gordimer
Harper Lee
Sophia de Mello Breyner Andresen
Ana Teresa Pereira

5 comentários:

O principado dos unicórnios disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
joana disse...

Só bons exemplos, Pedro.
Um beijinho,
Joana

Pedro M disse...

Acho que é a primeira vez que alguém chama à Colette um bom exemplo. Coitadinha, deve estar a dar voltas naquela coisa onde se guardam os ossos.

Um beijinho muahahacabro,
Pedro

jc disse...

Bom ver aí a Selma Lagerlöf. E agora atrevo-me, por que não incluir outra Marguerite, a Duras?

Pedro M disse...

Pensei nisso. No entanto, consultando as fotografias, parece-me que a senhora nunca foi além de um tímido buço.

Mais a sério, não sou apreciador, mas ainda não perdi a esperança.